Mari e Malu: Capítulo 10

Postado: 12 jan 2018 | 0 comentários

EP 10 (sexta) 

 

Depois de comerem, as duas ficaram no sofá abraçadas.

– Eu já tinha reparado nessa sua estante antes, mas nunca parei para ver quais livros você tem. – disse Malu enquanto tentava enxergar de longe os títulos dos livros arrumados cuidadosamente nas prateleiras.

– Você gosta de ler? – perguntou Mari.

– Muito. Posso olhar?

– Claro, vai lá. – disse Mari encorajando Malu.

– O suave tom do abismo? – perguntou Malu com o livro de capa preta na mão.

– Sim, Conhece?

– Não. É bom? – perguntou enquanto folheava o livro.

– Muito. Mas se você gosta só de história água com açúcar talvez não seja o mais indicado

– Não, gosto de livros provocadores, mas gosto de histórias de amor também.

– Você vai gostar desse então, ele é as duas coisas! – disse Mari enquanto se levantava e ia até Malu.

– Sobre o que é a história? – perguntou Malu interessada.

– É sobre uma época da história da humanidade onde não existe a luz do Sol, ou pelo menos onde as pessoas só enxergam a escuridão. Mas pelo o que entendi não é uma história do passado.

– Seria no futuro? Conte-me mais. – pediu Malu curiosa.

– Ele fala sobre desigualdade, onde pessoas com muito dinheiro exploram as que tem pouco, fala sobre um doutrinador que faz questão de punir quem não pensa como ele e sobre… hum… sobre Sofia e Alex. – respondeu Mari.

– O que acontece com elas? – perguntou Malu.

– Isso você só saberá lendo! – respondeu Mari enquanto pegava outro livro na prateleira.

– Mas….ok. Você está certa. – disse Malu decidida a começar a ler o livro.

– E tem mais…

– Mais? – perguntou Malu.

– Sim, é uma trilogia.

– Três? – perguntou Malu, surpresa.

– Bom, na verdade só dois foram lançados, ainda aguardo o terceiro livro.

– Vou começar por esse então. Você me empresta?

– Pode pegar. Mas antes de você começar a ler, vamos ver um filme? – disse Mari sorrindo enquanto voltava para o sofá.

– Claro! Mas por que antes?

– Porque depois que você começar, não vai parar tão cedo. – disse Mari com ar de quem sabia do que estava falando.

Malu não acreditou muito na afirmação de Mari, mas de qualquer forma, deixou o livro em cima da mesa e sentou-se no sofá. Escolheram um filme e assistiram abraçadas.

Enquanto os créditos do filme subiam na TV, Mari virou Malu para si e a beijou. Malu se acomodou no corpo de Mari enquanto as duas ficaram trocando caríciase  e beijos até Malu levantar-se para ir ao banheiro. Mari ficou pensando sozinha o quanto estava feliz com os momentos que passava com Malu, tudo era divertido, cada descoberta, fosse da personalidade ou do corpo das duas.

O telefone de Mari tocou cortando seu pensamento. Era Lucas.

– Alou?

– Mari, achei aquela cerveja que você gosta, compro quantas?  – perguntou Lucas.

– Oi? Não! Para quê?

– Como assim, para quê, Mari? Hoje é sexta! Cerveja, festinha, amigos.

– Hum, acho que hoje não Lucas.

– Como assim? Só por que a Malu está aí? Vou ligar pra ela.

– Não… Lucas…

Mari não foi rápida o suficiente. Malu entrou na sala com o telefone ao ouvido. Mari só ouviu parte da conversa.

– Por mim tudo bem, Lucas. Claro! – disse Malu um pouco antes de desligar o telefone.

Mari olhou para Malu do sofá e perguntou:

– O que foi que você fez?

– Ele não me deixou alternativa. – respondeu Malu levantando as mãos como se estivesse rendida.

Mari levou as mãos ao rosto como se limpasse a preguiça e disse:

– Ok. Estou indo para o banho e a culpa é sua.

– Culpa de você ter que tomar banho? – perguntou Malu descrente da pergunta.

– Sim. – respondeu Mari enquanto se levantava do sofá.

– Mais cedo teria sido minha, agora é do Lucas. – respondeu Malu rindo.

Mari sorriu, deu um beijo em Malu e foi tomar banho, pois sabia que em breve a casa estaria cheia.

 

Mari e Malu
Capítulos:
   1  2  3  4  5  6  7  8 e 9 10

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Receba dicas e novidades