Novo documentário Netflix conta a história de um casal de mulheres que escondeu seu relacionamento por 60 anos

Postado: 29 abr 2020 | 0 comentários
Terry Donahue e Pat Henschel. Fonte: reprodução.

Terry Donahue e Pat Henschel se conheceram em 1947, quando Pat tinha apenas 18 anos, e Terry era uma apanhadora de 22 anos na Liga Profissional Americana de Baseball Feminino.

Elas se apaixonaram mas foram forçadas a manter seu relacionamento em segredo de todos ao seu redor para sua própria segurança.

O casal finalmente “saiu do armário” para a família quando Pat estava no final dos seus oitenta e Terry no começo dos seus noventa anos.

Três anos depois de revelar que são um casal, o documentário “Secreto e Proibido” mostra elas se ajustando à nova vida e a envelhecer juntas, enquanto procuram uma comunidade de aposentados, combatem problemas de saúde e relembram seu passado agitado.

Com muitas imagens e fotos da sua juventude, elas mostram uma imagem assustadora da vida LGBT+ nos Estados Unidos da América nos últimos 60 anos.

Terry Donahue e Pat Henschel. Fonte: reprodução.

Comovente e emocionante, a história delas restaurará sua fé no amor verdadeiro. Como Donahue diz no documentário:

“Eu acho que amor é amor e é a coisa mais importante … eu sou feliz. Sem arrependimentos – eu faria tudo de novo. ”

Produzido por Ryan Murphy e dirigido pelo sobrinho-neto do casal, Chris Bolan o documentário “A Secret Love” já está disponível na plataforma de streaming NETFLIX.

Secreto e Proibido – Trailer legendado

Receba dicas e novidades

0 Comentários

Deixe o seu comentário!